Os livros da vida de Henrique Rodrigues

mordidaAutor de vários livros, para crianças, jovens e adultos, e organizador de antologias de contos inspiradas em músicas dos Beatles e da Legião Urbana, Henrique Rodrigues acaba de lançar seu primeiro romance, O próximo da fila (Record). No livro, ele parte de sua experiência pessoal na adolescência, quando trabalhou em uma rede de fast food, para tratar de um personagem pobre e suburbano em um momento de descobertas, tendo como pano de fundo o Rio de Janeiro dos anos 1990.

SM – Qual o primeiro livro do qual você tem lembrança?

HR – É O cachorrinho Samba, da Maria José Dupré. Li para a escola quando tinha uns sete anos. Nessa época morávamos numa casa que não tinha energia elétrica, então essa primeira aventura era lida durante muitos dias ao lado de uma vela, e a pequena chama dava um caráter mágico à história.

SM – Que livro mais marcou a sua vida?

HR – Vários foram bem marcantes, mas creio que o Ensaio sobre a cegueira, do Saramago, deu uma pancada que ecoa até hoje.

SM – O que você está lendo agora?

HR – Estou alternando entre o romance Que fim levou Juliana Klein?, do maringaense Marcos Peres; Cidade banida, distopia bem divertida do Ricardo Ragazzo; e Páginas ao sol, reunião da ótima poesia do Adriano Espínola.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s