Livro de ex-lobista norte-americano inaugura nova editora no Brasil

capa_frente_a verdade nunca morre_menorA editora Solo chega ao mercado com o lançamento de A verdade nunca morre, do ex-lobista William C. Chasey. No livro, ele revela a perseguição que sofreu do governo dos Estados Unidos ao se recusar a colaborar com a CIA para assassinar dois agentes líbios acusados de explodir o voo 103 da Pan Am sobre a cidade de Lockerbie, na Escócia, em 1988, causando 270 mortes — o ataque terrorista que mais matou americanos antes do 11 de setembro. A recusa em participar da conspiração leva-o à ruína financeira e à prisão federal. Chasey conta que pensou muito se deveria tornar pública a perseguição que sofreu, mas acabou decidindo contar sua história ao ser diagnosticado com mieloma múltiplo, um câncer de sangue incurável. Ele morreu em maio deste ano. O livro está sendo adaptado para o cinema, com roteiro de John Brancato e Michael Ferris, os mesmos de Vidas em jogo e Exterminador do futuro 3. Vai se chamar Influence.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s