Pesquisa Snel/Nielsen mostra forte queda nas vendas de livros

snelO mercado editorial continuou apresentando um cenário negativo no período compreendido entre 25 de abril e 22 de maio. Comparado ao mesmo período no ano anterior, de 20 de abril a 15 de maio de 2015, houve uma queda das vendas de 31,56% em volume e de 23,03% em faturamento. A explicação é a ausência de um fenômeno de vendas, como o dos livros de colorir, além da instabilidade econômica que o país enfrenta. Mesmo em uma simulação comparativa entre 2016 e 2015 no mesmo espaço de tempo, excluindo as vendas dos títulos de colorir do total do quinto período de 2015, o resultado apresentado ainda não é favorável, com retração de 16,93% em volume e ganho de apenas 10% em valor. Analisando os números acumulados das 20 semanas transcorridas, desde o começo do levantamento, em 4 de janeiro deste ano, a apuração permanece em alerta. Ao relacionar o mesmo acumulado de semanas com 2015, o resultado é negativo em volume (-15,91%) e em valor (-6,45%). Considerando a inflação de 9,32%, a variação real foi de -14,42%, mesmo mantendo o crescimento do preço médio oferecido (+11,25%). Esses são alguns dos dados contidos no 5o Painel das Vendas de Livros do Brasil em 2016, apresentados pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros e pela Nielsen. Os números têm como base o resultado de Nielsen BookScan Brasil, que apura as vendas das principais livrarias e supermercados no país.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s