João Almino é eleito por unanimidade para a ABL

10328_A Academia Brasileira de Letras elegeu agora à tarde o novo ocupante da cadeira 22, na sucessão do médico Ivo Pitanguy. O vencedor, por unanimidade, foi o embaixador e escritor João Almino. Votaram 23 acadêmicos presentes e 10 por cartas. Os ocupantes anteriores da cadeira 22 foram Medeiros e Albuquerque (fundador) – que escolheu como patrono José Bonifácio, o Moço –, Miguel Osório de Almeida e Luís Viana Filho. João Almino nasceu em Mossoró, no Rio Grande do Norte, em 1950. É conhecido sobretudo pelos seis romances, aclamados pela crítica e cujas histórias se passam em Brasília: Ideias para onde passar o fim do mundo, Samba-Enredo,  As cinco estações do amor,  O livro das emoções, Cidade livre e Enigmas da primavera. Entre os prêmios recebidos, incluem-se o Casa de las Américas 2003 (para As cinco estações do amor) e o Zaffari & Bourbon 2011 (para Cidade livre, que também foi finalista do Jabuti e do Portugal Telecom). Parte de sua obra de ficção está traduzida para o inglês, o francês, o espanhol, o italiano e outras línguas. Amanhã, a casa terá nova eleição, para escolher o sucessor da cadeira que pertencia a Ferreira Gullar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s