Os inéditos e dispersos de Hilda

Captura de Tela 2017-06-21 às 15.58.42Da poesia (Companhia das Letras) reúne toda a obra poética da paulista de Jaú Hilda Hilst, iniciada em Presságio, lançado quando ela tinha 20 anos de idade. Além de poemas que tinham sido publicados em mais de 20 livros, muitos deles em edições independentes e de pequenas tiragens, o volume traz ainda versos inéditos da escritora, cronista e dramaturga. É o mesmo formato de antologia que a editora vem fazendo com outros poetas brasileiros, como Ana Cristina Cesar e Paulo Leminski, que têm um público cativo. Hilda, com uma literatura considerada hermética, ganhou um ar popular em 1990, ao publicar O caderno rosa de Lory Lamby, romance pornográfico narrado por uma criança. Passou a escrever outros romances e poemas de cunho erótico, dizendo estar dando “adeus à literatura séria” em uma tentativa de vender mais e finalmente conquistar o reconhecimento do público. Morou durante boa parte de seus 73 anos cercada de cachorros em Campinas (SP), na Casa do Sol, sítio que hoje abriga o Instituto Hilda Hilst. O livro traz ainda uma fortuna crítica, com posfácio de Victor Heringer, carta de Caio Fernando Abreu para Hilda, dois trechos de Lygia Fagundes Telles sobre a amiga e uma entrevista a Vilma Arêas e a Berta Waldman, publicada no Jornal do Brasil em 1989. Confira um dos poemas inéditos do livro:

Não vou morrer. Há construções

Grafias, mandalas, atalhos

A percorrer. Há liames, pontes,

Consanguinidade.

E tantas coisas tão distantes

E tão perto de mim

 

Que hei de passar milênios

A separar o equidistante.

Há teu corpo. E tua boca

A me dizer: vive. Ama-me.

Persegue-me. E com tantas delongas

Como posso ser uma e ser tão breve?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s