Rogério Andrade Barbosa: “Somos uma categoria mais unida e mais forte”

rogerioProfessor, escritor e contador de histórias, Rogério Andrade Barbosa não hesita em lembrar que a união faz a força para falar da criação da Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (AEILIJ), que está completando 18 anos. Para marcar a maioridade, iniciamos com ele uma série de entrevistas com os presidentes da associação, para contar um pouco dessa trajetória. Autor de mais de 90 livros, ele foi o primeiro a comandar a casa em dois mandatos, de 1999 a 2001 e de 2001 a 2003.

SM – O que é a AEILIJ pra você?

RAB – A AEILIJ é a concretização de um sonho antigo, ou seja, a de criar uma associação que tivesse como objetivo defender os direitos e os interesses de nossa categoria. E foi assim que, após inúmeros contatos, viagens e reuniões, realizamos uma histórica assembleia (foto abaixo) no auditório da Casa da Leitura (sede do Proler no RJ), no dia 30 de junho de 1999, na qual foi eleita a nossa primeira diretoria.

SM – O que você destaca de mais importante da sua gestão?

RAB – O grande destaque da minha gestão, acredito, foi dar o pontapé inicial para unir a nossa classe de escritores e ilustradores de literatura infantil e juvenil.

SM – Você foi o primeiro presidente da AEILIJ. Qual foi o principal desafio no começo?

RAB – O grande desafio foi convencer os autores da necessidade de termos uma associação que nos representasse a nível nacional. Um trabalho de formiguinha, nos reunindo, a princípio, em casa de um e outro no Rio e em vários estados do Brasil, numa verdadeira cruzada para conseguirmos adesões à nossa inciativa.

SM – O que você deixou de legado para a gestão seguinte?

RAB – O principal legado foi estabelecer uma base, de modo que as novas diretorias pudessem ampliá-la. Nesse longo caminho, conseguimos, ao longo dos últimos anos, firmar parcerias e alianças importantes com outras instituições, dando uma visibilidade cada vez maior à nossa associação. Foram muitas conquistas das quais me orgulho bastante. Valeu a luta, pois hoje somos uma categoria mais unida e mais forte, pois sempre acreditei no velho chavão de que a união faz a força.

 

1999_aeilij_assembleiainaugural03

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s