A poesia além do verso

image002Autor de Impreciso (2011) e À deriva (2005), Omar Salomão traz em Pequenos reparos (José Olympio) poemas que falam do tempo e do lugar, em um trabalho visual cheio de frescor, que mistura também desenhos, fotografias e textos manuscritos, rabiscados, grafitados. “As narrativas vão se entremeando, a poesia pode ir além do verso”, ele diz. O livro foi escrito parte em uma residência artística na ilha de Itaparica, na Bahia, e parte em São Paulo, onde o poeta e artista plástico carioca morou, o que se reflete nos versos e na belíssima capa, do próprio autor. “Toda minha calma vem do mar”, escreve. Confira um dos poemas:

 

o vidro ultrapassa a bala

o vidro transformado em tiro

ultrapassa a bala

o tiro transformado em ar

transformado em risco transformado em vidro

ultrapassa

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s