ABL faz sessão 5.000 nesta quinta-feira

unnamedO presidente da Academia Brasileira de Letras, Domicio Proença Filho, comanda hoje a sessão de número cinco mil da casa. A primeira foi há 120 anos, oficialmente no dia 20 de julho de 1897, marcando a fundação da instituição, numa modesta sala do museu Pedagogium, na Rua do Passeio, no centro do Rio de Janeiro. Antes, porém, foram sete reuniões preparatórias. A primeira delas, no dia 15 de dezembro de 1896, aclamou Machado de Assis como primeiro presidente da ABL, cargo que o escritor ocupou até o ano de sua morte, em 1908. A primeira diretoria era composta ainda por Joaquim Nabuco como secretário-geral; Rodrigo Octavio, como primeiro-secretário; Silva Ramos, segundo-secretário; e Inglês de Sousa, tesoureiro. Inspirada na Academia Francesa, a Academia Brasileira de Letras tem 40 membros efetivos, uma sede própria que é a cópia do Petit Trianon da França, um prédio com 29 andares, duas bibliotecas, um auditório com capacidade para 290 pessoas e um prédio anexo de cinco andares.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s